Fundação Armazenistas de Mercearia



Apresentação

A FAM – Fundação dos Armazenistas de Mercearia, com estatutos aprovados pelo Senhor Director Geral da Direcção-Geral de Assistência, em 16 de Março de 1959 e publicados na III Série – n.º 71 do Diário do Governo, de 25 de Março de 1959, encontra-se devidamente registada no livro de registo das IPSS – Instituições Particulares de Solidariedade Social, com o número 8 de 1981, da Segurança Social.
A FAM foi criada com o intuito de desenvolver a sua atuação no campo da promoção sócio-cultural e económica da infância, juventude e terceira idade. É neste sentido que a FAM desenvolve a sua atividade, procurando com a sua ação contribuir para a melhoria das condições de vida das pessoas com dificuldades várias.
No plano interno, a FAM desempenha um papel fundamental no que concerne ao apoio à família, nomeadamente a famílias numerosas de parcos recursos económicos, proporcionando-lhes habitação condigna e de renda económica. Para isso, dispõe de um parque habitacional constituído por cento e cinquenta e quatro fogos, sendo tais habitações atribuídas exclusivamente por concurso público de atribuição de casas de renda económica.
Para o efeito a FAM dispõe de vários prédios em Alvalade, na Rua Marquesa de Alorna, na Rua Coronel Marques Leitão, Largo Ribeiro Cristino e na Avenida Rio de Janeiro, e no Porto na Rua Dr. Aarão de Lacerda.
No âmbito do apoio à terceira idade, a FAM tem vindo a auxiliar pessoas idosas que se encontram a viver com grandes carências, nomeadamente económicas, atribuindo-lhes mensalmente um donativo por forma a ajudar a minorar essas dificuldades.
No plano externo, a FAM tem vindo a colaborar com outras organizações congéneres e que promovem também a solidariedade social. É o caso da – Comunidade Vida e Paz – cooperando com iniciativas de apoio aos sem abrigo, da – ACREDITAR - Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro, organização que dá um forte apoio às famílias que se deslocam frequentemente a Lisboa para que as suas crianças possam receber os tratamentos necessários no âmbito da sua doença, concedendo-lhe para o efeito um donativo monetário para apoio à sua atividade, e com o Centro de Reabilitação Profissional de Gaia, centro este que vem desenvolvendo uma muito meritória ação no âmbito da recuperação de pessoas com deficiências várias por forma a possibilitar-lhes a sua reintegração na vida profissional ativa. É nas instalações que a FAM possui na Colónia Balnear da Aguda que se desenvolvem muitas das atividades promovidas pelo Centro de Reabilitação Profissional de Gaia, sendo que a FAM tem cedido tais instalações a título exclusivamente gracioso.
Em suma, a FAM desenvolve a sua atividade num vasto campo de atuação, sendo que o seu objetivo presente é o de dotar a instituição de maiores recursos por forma a que possa cada vez mais ampliar a sua ação de apoio e promoção da solidariedade social.